Uefs: professor investigado suspeito de publicar fotos de alunas de biquíni na web

Ele nega - veja o vídeo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
PROFESSOR VAGNER ALVES

Ao menos 15 alunas da  Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), acusaram um professor de divulgar na internet um vídeo com fotos delas usando biquíni.

De acordo com a delegada Edileuza Suely, que investiga o caso, em depoimento, as vítimas contaram que as fotos usadas pelo professor Vagner Alves foram pegas nas redes sociais, sem autorização.

Após a repercussão, o professor usou as redes sociais para afirmar que desconhece o conteúdo do vídeo, que foi publicado no canal dele no YouTube, e que acredita que foi hackeado.

“Eu uso meu computador em sala de aula. Às vezes aberto. Às vezes uso também em bibliotecas municipal, pública, e etc. Não sei por que via… ou celular, ou computador, ou a senha… não sei por que modo ela pode ter sido acessada, e esse vídeo publicado, mas não fui eu que fiz isso.

Eu não faço isso”, diz o professor em um trecho de um vídeo publicado no canal dele no Youtube.

Em nota divulgada, a Uefs informou que “em casos de denúncia de assédio, após a devida formalização junto à Ouvidoria da Instituição, é feita a instauração imediata de mecanismos regimentalmente previstos para apuração dos fatos, responsabilização e punição a quem couber”.

A instituição, no entanto, não detalhou se alguma dessas medidas já foi tomada neste caso. – BW

OUTRAS NOTÍCIAS