Carlos Lima
Hoje dia 23/02/2018 às 16:12:06

Feira
Carlos Lima | Publicado em 07/02/2018 às 17:22:00

Vereador afirma que tarifa do transporte coletivo foi empurrada goela abaixo

Vereador afirma que tarifa do transporte coletivo foi empurrada goela abaixo Continua na mesma

Na tribuna do Legislativo feirense o vereador Roberto Tourinho (PV) criticou o reajuste da tarifa cobrada no transporte coletivo urbano em Feira de Santana.

O edil comparou com valores cobrados em capitais do norte e nordeste.

Salientando que desde o seu primeiro mandato sempre fora um crítico do sistema de transporte coletivo da cidade.

O vereador Roberto Tourinho acredita que Feira de Santana possui uma tarifa cara por um serviço de péssima qualidade que é prestado no município.

Desde a última licitação realizada a quase dois anos, foi criada a esperança de que houvesse melhorias  no sistema de transporte.

Mesmo com o anuncio ônibus novos, porque a cidade já não suportava mais carros pegando fogo espontaneamente e uma quebradeira injustificável.

As empresas vencedoras do processo de licitação chegaram, conhecidas como as empresas Rosa e São João.

Trouxeram ônibus novos e em pouco tempo esses ônibus já estavam sendo desviados para outros estados, depois alguns ônibus sumiram e foram encontrados escondidos em uma fazenda no município de Serrinha, próximo a Feira de Santana.

O banco que financiou a compra dos ônibus  entrou com uma ação na justiça para apreender parte da frota por falta de pagamento.

As práticas das empresas, segundo o edil, eram as mesmas do passado.

Para consolidar a insatisfação da população com o sistema, no dia 26 de janeiro deste ano foi concedido mais um aumento da tarifa do transporte. “

O Conselho Municipal do Transporte, que antes se reunia às vésperas da Micareta para conceder o aumento, desta vez se reuniu em janeiro, quando a Câmara estava em recesso e o aumento da tarifa foi goela a baixo.

O valor cobrado agora é de R$ 3,48 na sede e R$ 3,80 nos distritos”, pontuou. Isso se for comprado antecipadamente. Pagando na catraca o valor é de R$ 3,80. Uma forma encontrada para que o usuário pague a passagem antecipadamente.

cljornal

Comentários

comentários

Veja também