Carlos Lima
Hoje dia 23/04/2018 às 19:34:07

Geral
Carlos Lima | Publicado em 12/12/2017 às 10:32:37

Após 35 anos, Arábia Saudita suspende proibição de salas de cinema

Governada pelo príncipe Mohamed bin Salman, que anunciou recentemente estar trabalhando para tornar seu país mais tolerante no futuro, a Arábia Saudita acaba de dar mais um passo em direção a essa nova realidade. As autoridades sauditas revelaram nesta segunda-feira, 11, que suspenderam a lei que proibia a construção de cinemas. As informações são da Variety.

A proibição foi instaurada há 35 anos, na década de 1980, pois os cinemas eram considerados uma ameaça aos preceitos religiosos do país e à identidade cultural muçulmana, já que poderiam exibir cenas obscenas e “profanas” vindas do mundo ocidental. A visão, porém, não é compartilhada por Salman, que acredita que o cinema é parte fundamental do Vision 2030, novo projeto encabeçado por ele que pretende realizar um forte plano cultural de reformas e diversificação.

Awwad Alawwad, o Ministro da Cultura, está conduzindo os trâmites da proposta e vê a abertura de salas comerciais como uma forma de consolidar a economia. “A abertura dos cinemas servirá como um catalisador para o crescimento econômico e a diversificação. Desenvolvendo um setor cultural mais amplo criaremos novas oportunidades de emprego e de qualificação, além de enriquecer as opções de entretenimento”, disse em comunicado.

O processo de licenciamento das salas já foi iniciado e o governo prevê a abertura de cerca de 300 complexos já em 2018.

Wallace Nascimento

Comentários

comentários

Veja também