Carlos Lima
Hoje dia 31/03/2020 às 10:47:34

Geral
Carlos Lima | Publicado em 06/03/2020 às 09:54:56

Coronavírus deverá fazer cair investimento chinês no Brasil, diz analista

Coronavírus deverá fazer cair investimento chinês no Brasil, diz analista © Folhapress / Pedro Ladeira

Com o fechamento de fábricas e a desaceleração da economia chinesa por conta do coronavírus, a economia global — e o Brasil — também sentem os efeitos do vírus.

Dados compilados pelo jornal O Estado de S. Paulo indicam que as importações brasileiras de aparelhos elétricos para telefonia da China caíram 32,6% em fevereiro de 2020, na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Foram US$ 123,17 milhões, contra US$ 182,77 milhões em 2019.

O item é o produto mais comprado pelo Brasil da China. Quando todos os itens comprados pelo Brasil da China entram na conta, o cenário também é de queda. As importações brasileiras da China caíram 9% em fevereiro de 2020 na comparação com o mesmo mês de 2019.

A China é um importante mercado de produtos de alta intensidade tecnológica para as empresas brasileiras.

“É provável que os investimentos chineses no Brasil sofram uma queda esse ano, não só por conta do coronavírus que vai exigir do governo [de Pequim] uma atenção maior com a economia doméstica, mas combinado também com as dificuldades de encaminhamento das agendas de privatização e atração de investimento para infraestrutura [no Brasil]”, diz à Sputnik Brasil o professor da FGV-RJ Evandro de Carvalho.

Coordenador do Núcleo de Estudos Brasil-China da FGV, Carvalho também avalia que ainda é cedo para precisar o impacto que o coronavírus terá na economia global e que a desaceleração chinesa afetou negativamente as exportações brasileiras de minério de ferro.

“Ainda é cedo para dizer quanto isso [coronavírus] vai significar no PIB chinês, mas é certo que haverá impacto e ele irá repercutir, obviamente, em vários países que têm com a China uma relação muito tensa do ponto de vista comercial”, avalia Carvalho.

Sputnik

Comentários

comentários

Veja também