Carlos Lima
Hoje dia 13/12/2019 às 15:14:30

Geral
Carlos Lima | Publicado em 14/11/2019 às 11:07:10

Lula articula aliança de governadores e líderes do Nordeste

Lula articula aliança de governadores e líderes do Nordeste Chegada ao Nordeste em reunião com os governadores Rui Costa (Bahia), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte) e Wellington Dias (Piauí) debatendo os desafios para a região, na companhia de Fernando Haddad, da presidenta do PT, Gleisi Hoffmann e do senador Jaques Wagner (Foto: Ricardo Stuckert)

 Lula está em Salvador nesta quinta-feira (14), onde participará de diversas atividades, entre elas a reunião da Executiva Nacional do PT. Ele está em reunião de manhã com governadores e líderes da região e do PT, para costurar uma aliança política de oposição a Bolsonaro e ao programa econômico de Paulo Guedes.

Participam da reunião os governadores Rui Costa (Bahia), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte) e Wellington Dias (Piauí). além de Fernando Haddad, da presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, do senador Jaques Wagner e outras lideranças nordestinas.

A Executiva do partido se reúne em Salvador, Bahia, com um recado simbólico: prestigiar a região que foi desprezada pelo governo Bolsonaro na catástrofe do derramamento de óleo em seu litoral.

Em nota da direção do partido desta quarta (13), o PT destaca que “a Comissão Executiva Nacional do PT reúne-se nessa quinta-feira em Salvador, preparando o 7º Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores que será realizado em São Paulo de 22 a 24 de novembro. A escolha da Bahia para esta reunião da executiva reflete a importância social e política da região Nordeste, nesta conjuntura de resistência ao governo de extrema-direita e de construção de novas propostas de políticas públicas.”

O comunicado ainda sublinha que “a reunião marcará a solidariedade do PT ao povo nordestino, diante do descaso do governo federal com o grave desastre ecológico que atingiu o litoral da região. A reunião da executiva marcará também o reencontro da direção partidária com o ex-presidente Lula, após a prisão injusta e ilegal que durou 580 dias. Lula participará da primeira parte da reunião em Salvador.”

247

Comentários

comentários

Veja também