Carlos Lima
Hoje dia 14/12/2019 às 10:58:04

Geral
Carlos Lima | Publicado em 24/07/2019 às 11:06:37

Mello Franco: Governo promove expurgo para não ouvir visões divergentes

Mello Franco: Governo promove expurgo para não ouvir visões divergentes Foto: Divulgação

O jornalista Bernardo Mello Franco, em sua coluna no jornal O Globo, informa que Na segunda-feira, Jair Bolsonaro excluiu todos os representantes da sociedade civil que integravam o Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas. A canetada atingiu profissionais que lidam diretamente com o problema da dependência química, como médicos, psicólogos e assistentes sociais. Ficaram apenas ministros e burocratas federais”.

“O presidente disse que o decreto acabará com o “viés ideológico” nos debates. Seria mais correto dizer que acabará com o contraditório. O governo já tinha maioria no conselho, mas era obrigado a ouvir opiniões divergentes. Agora não haverá mais contraponto à visão oficial”.

“‘Estamos vivendo um retrocesso inacreditável’ critica o neurocientista Sidarta Ribeiro, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Ele define a medida como um “expurgo”, instrumento de regimes autoritários para eliminar o dissenso. ‘Agora teremos um conselho homogêneo, que só vai dizer o que o governo quer ouvir’, resume.”

Brasil 247

Comentários

comentários

Veja também