Carlos Lima
Hoje dia 22/11/2017 às 11:24:37

Geral
Carlos Lima | Publicado em 21/06/2017 às 12:00:46

Presidente da CBB anuncia fim de suspensão da Fiba ao basquete brasileiro

Presidente da CBB anuncia fim de suspensão da Fiba ao basquete brasileiro Seleção brasileira volta a poder competir em torneios internacionais (Foto: Gaspar Nóbrega/Bradesco/Inovafoto)

O presidente Guy Peixoto anunciou nesta quarta-feira o fim da suspensão imposta pela Federação Internacional de Basquete à Confederação Brasileira de Basquete em novembro de 2016, ainda durante a gestão Carlos Nunes.

O novo mandatário, que foi eleito em março deste ano, publicou uma carta no site oficial da CBB onde divulgou a informação. Minutos depois, contudo, ela foi retirada do ar. A Fiba, por sua vez, que faz uma reunião em seu quartel-general na Suíça nesta quarta, ainda não confirmou nada oficialmente.

Apurou-se que o fim da suspensão está condicionado ao cumprimento de alguns tópicos até o dia 21 julho. O fim da suspensão significa que todas as seleções, de base e adultas, e clubes do país estão liberados para participar de competições internacionais. A principal, por exemplo, tem um desafio no calendário em breve.

Trata-se da Copa América, que acontece entre os dias 25 de agosto e 3 de setembro em três países, Argentina, Colômbia e Uruguai. Como o sorteio foi realizado em Medellín no dia 20 de abril, quando a suspensão à confederação ainda estava vigente, o Grupo A, que tinha Porto Rico, México e Colômbia, aparecia com um espaço em branco.

Na época, caso a punição do Brasil não fosse retirada, o Paraguai, sexto colocado no último Campeonato Sul-Americano de basquete, entraria em seu lugar.

No comunicado, o presidente afirma que “trata-se de um dia a ser comemorado, pois recoloca o Brasil em evidência positiva” e “dá a chance de fazer ainda mais ações em prol do crescimento e desenvolvimento do esporte”. Guy Peixoto, eleito presidente em março de 2017 sob a chapa chamada “Transparência”, tocou em alguns pontos importantes na carta.

O mandatário afirma que os próximos passos são: definição e contrato dos novos treinadores das várias seleções; retorno das verbas do COB, já pré-definidas pela Lei Agnelo Piva; negociação com patrocinadores, a começar pelo máster, seguida dos demais; reapresentação dos projetos para comissão da Lei de Incentivo ao Esporte; lançamento de um novo site, com novo visual; plano de utilização do CT tanto na parte esportiva quanto na comercial; e andamento do projeto do futuro CT de Jundiaí.

Gesportes

Comentários

comentários

Veja também