Carlos Lima
Hoje dia 21/10/2018 às 05:26:14

Geral
Carlos Lima | Publicado em 16/01/2018 às 14:09:04

Reforma da previdência: Maia diz não haver ‘nenhum tipo de otimismo’

Reforma da previdência: Maia diz não haver ‘nenhum tipo de otimismo’ Rodrigo Maia em evento na Câmara de Comércio dos Estados Unidos (Foto: Rodrigo Bittar/Câmara dos Deputados)

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira (16) que está dando andamento à agenda da reforma da Previdência “sem nenhum tipo de otimismo”. Ele também avaliou que o impasse em torno da posse de Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho atrapalha a votação da reforma.

O deputado, em viagem oficial aos Estados Unidos, fez um discurso na Câmara de Comércio do país, em Washington.

“Neste momento a gente prioriza a agenda da reforma da Previdência sem nenhum tipo de otimismo, sem nenhum discurso onde a gente diga que essa é uma matéria que estará resolvida em fevereiro de 2018”, disse.

Maia afirmou que há “problemas na relação entre o Poder Judiciário e o Poder Executivo” e ressaltou ser “grave” que decisões do presidente Michel Temer sejam barradas pela Justiça.

Nas últimas semanas, o governo vem tentando dar posse à deputada Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho, mas tem sido impedido por decisão judicial.

“Isso também atrapalha a reforma da Previdência”, afirmou Maia. “Gera um impasse dentro de um partido que não tem muitos votos, mas, em uma votação que a gente sabe que não é fácil chegar ao número necessário, isso gera dificuldades e atrasa a capacidade de articulação do governo”, enfatizou.

O presidente da Câmara destacou que a base aliada ao Palácio do Planalto não tem, no momento, porte para aprovar a reforma das regras da aposentadoria. Para que o texto passe pela Câmara, são necessários ao menos 308 votos, em dois turnos.

“A base do governo, a base que saiu das denúncias, pós denúncias contra o presidente, é uma base que sai de 360 deputados para 250”, afirmou.

Bernardo Caram

Comentários

comentários

Veja também