Carlos Lima
Hoje dia 25/06/2019 às 05:20:51

Internacional
Carlos Lima | Publicado em 14/01/2019 às 14:38:59

A Bolívia confirmou que negou refúgio a Cesare Battisti

A Bolívia confirmou  que negou refúgio a Cesare Battisti Cesare Battisti depois de ser preso (Foto: AFP PHOTO / HANDOUT / ITALIAN STATE POLICE / POLIZIA DI STATO)

O ministro do Interior da Bolívia, Carlos Romero, esclareceu nesta segunda-feira (14) que o italiano Cesare Battisti foi entregue às autoridades italianas depois que seu pedido de asilo foi avaliado e rejeitado pela Comissão Nacional para Refugiados (Conare).

A declaração foi publicado pelo jornal “El Deber” de Santa Cruz de la Sierra para responder a polêmica surgida na cidade em que questionava a agilidade do governo boliviano para entregar Battisti à Itália.

Battisti havia solicitado refúgio no país em 21 de dezembro, o que foi negado cinco dias depois.

Romero ressaltou que a iniciativa obedeceu também o fato de que o italiano entrou na Bolívia de maneira ilegal.

De acordo com um comunicado, o Ministério Público da Bolívia advertiu para “violação dos direitos” do italiano pedinte de asilo, argumentando que ele não foi entrevistado nem notificado pela instância responsável.

Battisti, condenado à prisão perpétua na Itália pelo assassinato de quatro pessoas na década de 1970, estava foragido desde dezembro passado e foi preso no fim da tarde do último sábado (12) em Santa Cruz de La Sierra, cidade mais populosa da Bolívia.

Hoje, ele chegou à prisão de Oristano, na Sardenha, para cumprir sua pena.

JB

 

 

 

Comentários

comentários

Veja também