Carlos Lima
Hoje dia 24/10/2018 às 03:44:25

Internacional
Carlos Lima | Publicado em 03/02/2018 às 12:11:03

Partido chavista confirma candidatura de Maduro à reeleição

Partido chavista confirma candidatura de Maduro à reeleição Partido chavista confirma candidatura de Maduro à reeleição

O presidente Nicolás Maduro foi aclamado nesta sexta-feira (2) como candidato do Partido Socialista Unido da Venezuela (Psuv) à reeleição.

O anúncio foi feito pelo deputado constituinte Diosdado Cabello, “número 2” do chavismo, em uma reunião das lideranças do Psuv em Caracas. A notícia já era esperada desde 23 de janeiro, quando o mesmo Cabello anunciara que o país terá eleições presidenciais até 30 de abril de 2018.

Eleito presidente em 2013, após ter batido Henrique Capriles por uma diferença de apenas 1,5 ponto percentual, Maduro sofreu uma dura derrota em 2015, quando perdeu o domínio do Parlamento para a oposição.

O resultado causa repercussões até hoje: no ano passado, o presidente convocou uma Assembleia Constituinte, que, boicotada pela oposição, é controlada pelo chavismo e suplantou os poderes do Parlamento.

Nas eleições de 2018, a Mesa da Unidade Democrática (MUD), principal coalizão antichavista do país, não poderá apresentar um candidato único, fragmentando o cenário político e o voto contra Maduro. Além disso, alguns dos principais opositores do país estão presos, como Leopoldo López, com os direitos políticos suspensos, como Capriles, ou no exílio, como Antonio Ledezma.

Candidatos do chamado “chavismo crítico” também foram excluídos do pleito, como Miguel Rodríguez Torres, ex-ministro do Interior. Ele teve os direitos políticos suspensos por 12 meses, após ter dito à imprensa que pretendia se candidatar e que Maduro era “fácil de derrotar”.

Ansa

Comentários

comentários

Veja também