Carlos Lima
Hoje dia 17/09/2019 às 23:30:51

Legislativo
Carlos Lima | Publicado em 14/12/2015 às 20:47:48

AVALIAÇÃO DO VEREADOR RONNY SOBRE O CHAPÃO DOS ALIADOS NAS ELEIÇÕES DE 2016

AVALIAÇÃO DO VEREADOR RONNY SOBRE O CHAPÃO DOS ALIADOS NAS ELEIÇÕES DE 2016 Vereador Ronny, presidente do Legislativo feirense

Em pronunciamento na sessão ordinária desta segunda-feira (14), o presidente do Legislativo feirense, vereador Reinaldo Miranda – Ronny (PSDB), disse que pela primeira vez na história de Feira de Santana haverá um chapão composto por vereadores governistas, ex-vereadores e secretários municipais na disputa das eleições de vereador, em 2016.

“Algo que me deixa feliz é a união do Poder Legislativo de Feira de Santana. Pelo tempo que eu vivo no meio da vida pública, pelo tempo que estou fazendo parte da política de Feira de Santana, eu nunca vi na história uma base de governo sair 100% em uma chapa”, destacou.

Na oportunidade, ele parabenizou a iniciativa e a “coragem” do ex-vereador Zé Curuca por este ter se comprometido a disputar o pleito na referida coligação, que, segundo Ronny, terá candidatos acima de quatro mil votos.

“O ex-vereador Zé Curuca teve cerca de 3800 votos, perdeu por 30 votos; foi mais bem votado do que uns 15 vereadores ou 16 desta Casa. Mas como nós disputamos uma eleição que necessita do quociente eleitoral, ele ficou de fora e, inclusive, faz parte da primeira suplência da nossa coligação”, declarou.

Segundo o edil, devido a sua história na política de Feira de Santana, Zé Curuca reconhece que seria injusto disputar uma eleição com candidatos de partidos pequenos, que, teoricamente, não dispõem de uma quantidade grande de votos. “Se Zé Curuca fosse pra lá, seria maravilhoso, porque a vaga seria dele, uma vez que Zé Curuca hoje é homem de 4 mil votos”, avalia.

Ronny também observa que nenhum candidato de partido de pequeno porte vai querer concorrer à eleição com vereador, secretário municipal ou ex-vereador, porque a concorrência seria desleal.

O presidente afirmou ainda que os vereadores governistas, por exemplo, terão mais vantagens do que os demais candidatos, uma vez que dispõem de cargos de confiança no Governo Municipal e outros benefícios.

“Isaías de Diogo tem ajuda do prefeito, vai ter mais carinho e atenção por parte de José Ronaldo do que os pré-candidatos. Marcos Lima é vice-líder do governo, é um homem forte do governo, é o homem que quando José Carneiro não está nesta Casa quem defende o governo é ele. Como é que o prefeito vai deixar de apoiar Marcos Lima para apoiar os pré-candidatos? Marcos Lima está dentro desta Casa defendendo os interesses do Poder Executivo. O vereador Tom não apoiou o prefeito José Ronaldo, mas o prefeito foi lá pegar Tom e colocar na Câmara. Como é que Tom não é um homem de confiança do prefeito José Ronaldo?”, argumentou Ronny.

O vereador garantiu que o prefeito José Ronaldo de Carvalho (DEM) já está ciente sobre a formação da chapa única e já deixou claro de que está muito satisfeito com essa coligação.

Ascom/Ronny

Comentários

comentários

Veja também