Carlos Lima
Hoje dia 10/12/2018 às 17:33:57

Literatura
Carlos Lima | Publicado em 11/10/2018 às 08:48:34

Morreu a escritora Zibia Gasparetto

Morreu a escritora Zibia Gasparetto A autora e médium paulista escreveu 58 livros e vendeu 18 milhões de exemplares (Foto: instagram divulagação)

Morreu, aos 92 anos, em São Paulo, a escritora Zibia Gasparetto. Ela lutava contra um câncer no pâncreas e faleceu dormindo. O enterro será às 15h desta quinta-feira (11) no Cemitério de Congonhas.

O velório começa de manhã. Há cinco meses, ela perdeu um dos filhos, o apresentador Luiz Gasparetto, de 68 anos, que morreu de câncer no pulmão.

Em 68 anos dedicados ao espiritismo, Zibia Gasparetto publicou 58 obras e teve mais de 18 milhões de livros vendidos. Os livros dela fazem uma espécie de ponte entre os vivos e os que já morreram.

Nas redes sociais, a equipe da escritora confirmou a morte.

“O astral recebe com amor uma de suas representantes na Terra.”, diz o texto. “Zibia Gasparetto, 92 anos, completou hoje sua missão entre nós e parte para uma nova etapa ao lado de seus guias espirituais, deixando uma legião de fãs, amigos e familiares, que foram tocadas por sua graça, delicadeza e por suas palavras sábias.”

Trajetória

Nascida em Campinas, em 29 de julho de 1926, Zibia ficou conhecida por popularizar os ensinamentos da doutrina espírita, de Allan Kardec. Seu primeiro livro, O Amor Venceu, teria sido psicografado à mão, inspirado por um espírito que ela denominava Lucius.

A obra nos últimos cinquenta anos tornou-se um best-seller e inspirou uma peça homônima que foi assistida por mais de um milhão de pessoas.

A escritora iniciou sua trajetória em 1950, quando no meio da noite, começou a andar pela casa falando em alemão – idioma que não dominava na época.

A seguir, procurou ajuda e seguiu os passos do espiritismo, movida pelos textos de Kardec. Desde então, além de O Amor Venceu, destacou-se entre os mais vendidos do gênero com obras como Eles continuam entre nós e A vida sabe o que faz. Suas obras foram traduzidas para o espanhol, inglês e japonês.

Zíbia foi casada com Aldo Luiz, falecido em 1989, com quem teve quatro filhos. Em maio, seu filho Luiz Gasparetto morreu, também de câncer, aos 68 anos de idade.

Em várias entrevistas, Zibia Gasparetto dizia ser médium consciente, quando recebia mensagens como se fosse alguém a sussurrar no ouvido dela sobre o que deveria ser escrito.

Ela costumava escrever quatro vezes por semana, utilizando o computador.

“Esse legado será eterno e os conhecimentos de Zibia sobre as relações humanas e espirituais serão transmitidos por muitas e muitas gerações.

Ela segue em paz ao plano espiritual, olhando por todos nós”, diz a equipe da escritora.

JB

 

Comentários

comentários

Veja também