Carlos Lima
Hoje dia 20/10/2019 às 08:33:12

Literatura
Carlos Lima | Publicado em 08/10/2019 às 15:52:18

O Zé do Bode e suas trampas

Flagrantes da Vida

O Zé do Bode e suas trampas Homem Bode

Não deu para acreditar na história que Zezinho me contou. Fiquei abismado com o comportamento político do ZÉ do Bode.

Sendo um representante do povo no poder legislativo do município de “Quero mais”, não refletia os anseios da comunidade e se tornara um subserviente comprado.

O fato narrado foi de que o referido vereador costuma votar em projeto de lei sem fazer a sua leitura ou discuti-lo, basta dizer que era matéria enviada pelo executivo.

A comilança acontecia de forma literal, nas barbas do povo. O vale refeição dos cargos de confiança, em grande parte é refeição assegurada aos representantes que se dizem ser do povo.

O fato é tão vergonhoso, que ficamos sabendo da possibilidade real de alguns ex-assessores entrarem no ministério Público para receber aquilo que lhes é de direito.

O serviço de alto falante da cidade foi fechado porque denunciava as improbidades do legislativo, inclusive denunciou que um empresário no ramo de combustível afirmou que molhou a mão do Zé do Bode, para aprovar lei que beneficiava a instalação de ponto de venda.

Questionado se o assunto poderia ser denunciado no serviço de alto falante, ele foi categórico ao afirmar: de jeito nenhum. Poderiam até denunciar, mas não contava com ele para provar coisa nenhuma.

Se colocassem o nome dele diria ser mentira, que ele nunca tinha dito tal coisa. Nem sabia do que estavam falando.

O eleitor de “Quero mais”, precisa tomar uma decisão nas próximas eleições, esse legislativo tem que ser amplamente renovado.

Figuras como essas não podem continuar dizendo que representam o povo, quando na verdade vivem e cuidam apenas do seu próprio enriquecimento fazendo todo tipo de jogo sujo.

Não os reelejam.

Carlos Lima

Comentários

comentários

Veja também