Carlos Lima
Hoje dia 20/08/2018 às 07:30:43

Nacional
Carlos Lima | Publicado em 25/07/2018 às 17:09:11

COMO JÁ ERA ESPERADO: CIRO VOLTA A BATER PESADO NO PT E EM LULA

COMO JÁ ERA ESPERADO: CIRO VOLTA A BATER PESADO NO PT E EM LULA Dois atraso na vida do país

Ciro Gomes voltou a atacar Lula e especialmente o PT com agressividade, numa entrevista ao jornal Valor Econômico, da família Marinho.

Segundo ele, “a burocracia do PT, menos o Lula, não está preocupada com o Brasil”.

Segundo Ciro, a “burocracia” preocupa-se apenas “em manter a hegemonia no campo progressista no país.

E para eles, qualquer negócio vale”.

Mais adiante, disse que “a prática do PT não tem nada a ver com esquerda”, acusou o partido de “caudilhismo exacerbado”, que o partido não teria “limites de nenhuma natureza”.

Acusou ainda Lula por ter abraçado Renan Calheiros na caravana em Alagoas e de ser o chefe do líder do PR, Valdemar Costa Neto, a quem teria orientado a não apoiar sua candidatura, fazendo naufragar seu acordo com o centrão.

O candidato do PDT garantiu que “nunca esteve na minha cogitação, nem na mais remota hipótese, ter o [apoio do] Centrão” e que as conversas com os partidos do grupo foram interrompidas quando Costa Neto passou a ter protagonismo.

Para Ciro, Lula “não estará na campanha”, não será candidato por causa da Lei da Ficha Limpa e ele, Ciro, será eleito:

“Essa eleição está para mim”.

Segundo o pedetista, o cenário da campanha caminharia “para um grande empate dos candidatos ao redor de 14%”.

Este “empate” seria entre Ciro, Alckmin, Bolsonaro, Marina, “e [Fernando] Haddad ou [Jaques] Wagner”.

Com informações do Valor Econômico

Comentários

comentários

Veja também