Carlos Lima
Hoje dia 31/03/2020 às 02:08:11

Nacional
Carlos Lima | Publicado em 15/02/2020 às 11:37:11

Médico é flagrado humilhando técnica de enfermagem: “Sua miserável f***”

Médico é flagrado humilhando técnica de enfermagem: “Sua miserável f***” Médico - José Gilberto Luna Sobrinho

O médico José Gilberto Luna Sobrinho foi flagrado humilhando uma técnica de enfermagem no Hospital Nossa Senhora de Fátima, na cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Nas imagens, é possível ver o médico, na condição de paciente, levantar da maca e agredir verbalmente a funcionária.

“Sou médico, eu aplico. Cadê a medicação? (…) Vai, eu aplico, sua incompetente.

É o quê? Fala alguma coisa! Miserável! Amanhã eu vou chegar no gerente geral do hospital e vou falar sobre você. Você é uma miserável. Sua f*”, grita o homem.

Após a repercussão do caso, José Gilberto se apresenta como profissional que faz atendimentos na área de neurologia, psiquiatria e medicina ortomolecular. No vídeo, o médico pediu desculpas, confirmou que se excedeu e se justificou afirmando que estava alcoolizado.

“Hoje fui surpreendido por um vídeo de alguém que me filmou ontem de madrugada, sendo que eu estava em um hospital particular em Nova Iguaçu. O que ocorreu foi o seguinte: eu sou amante de vinho. Ontem me excedi na quantidade e fui buscar atendimento em um hospital; com certeza fui incorreto, acabei mencionando, referindo palavras que não são palavras adequadas a uma funcionária, que não conheço. Venho de pronto pedir desculpa a essa funcionária e a classe da enfermagem”, declarou o médico.

“Só tenho amor à enfermagem. Ontem me excedi um pouco e cometi esse erro, e hoje estão me crucificando na internet. Naquele momento eu não era médico. Era o Gilberto. Eu não sou médico 24 horas por dia. Eu cometi um erro como todos nós cometemos erros e pecados”, relatou o profissional em uma gravação onde aparece de jaleco.

Após o médico divulgar o vídeo em seu perfil no Instagram, diversos internautas repudiaram sua atitude e fizeram críticas ao ocorrido. “Nada justifica”, disse uma internauta. “A culpa é da bebida, então? Não foi sua arrogância?”, questionou outra. “Bebida é o soro da verdade, bota pra fora o que realmente somos”, afirmou mais um.

Não são todos, mas a maioria dos médicos se acham pessoas superiores, semi-deuses, quando a realidade é outra.

Merecia uma punição do Conselho Nacional de Medicina.

Ele é médico 24 horas, sim. A não ser que na medicina sua prática  prática seja mercantilistas.

Comentários

comentários

Veja também