Carlos Lima
Hoje dia 20/05/2018 às 12:11:18

Nacional
Carlos Lima | Publicado em 09/12/2017 às 14:04:11

Tucanos, perdidos, jamais serão unidos

Tucanos, perdidos, jamais serão unidos Alckmin novo presidente do PSDB

“Casa onde falta o pão, todo mundo briga e ninguém tem razão” ensina o ditado popular que se aplica, sem tirar nem pôr, ao PSDB, cada vez mais esfarelado.

Hoje, o partido celebra a sua “unidade”. Unidade?

Uma fina casca formal é o tecido do que, hoje, virou um saco de gatos. O resultado, quase unânime, de uma chapa única parida a fórceps, e resultado do “não tem outro jeito”.

Ainda assim, foi preciso tirar os dois arqui-inimigos, Tasso Jereissati e Aécio Neves, da chapa.

Não sem razão, poucos ali acreditam que Geraldo Alckmin tenha “punch” para vencer a eleição e, portanto, cada um cuida de garantir o seu naco. E um dos nacos, claro, é o apoio do Governo no processo eleitoral.

O PSDB segue no governo, isto é um fato. Para, inclusive, desespero de parte de seus parlamentares e dirigentes, apavorados com o que isso representará nas urnas de 2018.

Na convenção, estão sobrando penas para todo lado.

Aécio foi vaiado por muitos e aplaudido por uma claque.

Artur Virgílio, que arrancou um compromisso de prévias – duvido que ocorram – também foi apupado e prometeu “expor as entranhas do partido”.

Não duvidem que vai sobrar tucano espalhado por outras candidaturas.

FERNANDO BRITO

Comentários

comentários

Veja também