Carlos Lima
Hoje dia 23/07/2018 às 11:40:27

Polícia
Carlos Lima | Publicado em 28/12/2017 às 15:09:58

Chegam ao Rio os doleiros suspeitos de lavar dinheiro em esquema de Sérgio Cabral

Chegam ao Rio os doleiros suspeitos de lavar dinheiro em esquema de Sérgio Cabral Juca Bala e Tony estavam no Uruguai e foram extraditados. Ambos foram denunciados pela Lava Jato no Rio por lavagem de dinheiro. Eles fizeram exames no IML e já estão presos na Cadeia Pública de Benfica, na Zona Norte.

Os doleiros acusados de lavar dinheiro roubado pela quadrilha do ex-governador Sérgio Cabral, Vinícius Claret, conhecido como Juca Bala, e Cláudio Fernando Barbosa, o Tony, chegaram ao Rio de Janeiro na tarde desta quinta-feira (28) vindos do Uruguai.

Eles chegaram em um voo comercial que pousou no aeroporto do Galeão às 13h40. A extradição deles foi concedida pelo governo uruguaio na semana passada.

Escoltados por agentes da Polícia Federal, os doleiros chegaram por volta das 14h45 ao Instituto Médico Legal, na Zona Portuária. Juca Bala e Tony fizeram exames e seguiram para a Cadeia Pública de Benfica, na Zona Norte, onde já estão presos.

Vinícius Claret e Claudio Barbosa foram citados na delação premiada dos irmãos Renato e Marcelo Chebar. Ao MPF, os irmãos contaram que durante o tempo que o esquema era chefiado pelo ex-governador, precisaram acionar Juca Bala, no Uruguai, para assumir a lavagem de dinheiro.

Ambos são acusados pela força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeirode “lavar” grande parte da propina obtida através do esquema de corrupção que, segundo o Ministério Público Federal, era chefiado pelo ex-governador Sérgio Cabral (PMDB).

Juca Bala e Tony estão presos desde março no Uruguai, após o juiz da 7ª Vara Federal Criminal no RJ, Marcelo Bretas, expedir mandado de prisão contra a dupla.

Além disso, os irmãos Chebar contaram que Cabral escondia 100 milhões de dólares no exterior.

 Bruno Albernaz

Comentários

comentários

Veja também