Carlos Lima
Hoje dia 22/10/2017 às 17:35:25

Polícia
Carlos Lima | Publicado em 05/05/2017 às 16:54:55

polícia identifica homem que matou dono de pousada no Tomba

polícia identifica homem que matou dono de pousada no Tomba OS ASSASSINOS DO EMPRESÁRIO AMENDOIM

Comandados pelos delegados André Ribeiro e Deivid Lopes, investigadores da DRFR, prenderam na manhã desta sexta-feira (5), nas proximidades do Terminal Rodoviários de Feira de Santana, Samuel Ferreira da Silva (camisa preta), natural de São Paulo e Cleiton Cruz Costa (camisa cinza), acusados do assassinato do comerciante Fabiano Portela, também conhecido como “Amendoim”, dono da Pousada da Papa. O crime aconteceu no dia 16 do mês passado.

Segundo os delegados, Samuel e Cleiton são usuários de drogas, precisavam de dinheiro para manter o vício e resolveram matar o comerciante para roubar.

Os delegados informaram ainda que os dois já tem passagens pela polícia por roubo e após a prisão, confessaram o crime de latrocínio.

“Eles levaram o celular, dinheiro e um notebook da vítima.

Samuel disse que na hora que estava praticando o ato sexual, deu uma gravata em Amendoim, como a vítima era conhecida, e ele ficou desacordado.

Depois a vítima retomou a consciência e ele pegou um fio de telefone e tentou sufocá-lo com o fio enrolado no pescoço.

Em seguida, ele efetuou um golpe de faca no pescoço”, revelou o delegado André Ribeiro.

Apresentado na delegacia, Cleiton revelou friamente como matou o comerciante e disse que o comparsa deu ‘azar por estar’ na cena do crime.

Contou que conhecia a vítima e durante o programa sexual, sob o efeito de crack, resolveu cometer o crime.

“Eu estava drogado, estava passando em frente a pousada e resolvi entrar.

Entrei para fazer um programa com a vítima, a gente estava bebendo. Eu que dei o golpe de faca nele, eu estava drogado eu nem sei como aconteceu. Ele estava desacordado.

Depois eu fui sai para buscar mais droga para usar. Eu sou usuário de crack. Faço programa já tem um tempo, não lembro quanto levei (em dinheiro). Não lembro de nada não, eu estava drogado”, declarou.

Os policiais informaram que as imagens das câmeras de segurança ajudaram na elucidação do crime e acrescentou que Samuel e Cleiton foram presos dias antes do assassinato por prática de assalto, mas foram liberados após audiência de custódia.

O delegado André Ribeiro já solicitou a prisão preventiva dos acusados. Os dois foram encaminhados para o Conjunto Penal de Feira de Santana, onde ficarão à disposição da justiça.

Com informações de Denivaldo Costa.

Comentários

comentários

Veja também