Carlos Lima
Hoje dia 19/08/2018 às 10:00:59

Polícia
Carlos Lima | Publicado em 22/12/2016 às 15:20:33

Ronda Maria da Penha amplia ação em Feira de Santana

Ronda Maria da Penha amplia ação em Feira de Santana Ronda Maria da Penha

O Programa Ronda Maria da Penha, da região Leste inaugurado, no final de setembro deste ano, em Feira de Santana, já realizou, mais de 202 atendimentos, segundo dados divulgados pela comandante, tenente PM Edlene Silva.

O balanço, registrado até o dia 10 de dezembro, aponta quê, o atendimento diário, entre setembro e outro era um por dia, aumentou, entre sete a oito.

O programa tem por finalidade, fiscalizar o cumprimento de medidas protetivas (em razão de terem sofrido violência doméstica), sempre expedidas pela justiça de Feira de Santana.

“Sinto segura, com a presença da equipe, em minha residência , o agressor não se aproxima mais,” relato de uma das assistidas pelo programa.

Relato da tenente PM Edlene: Comandar a Ronda Maria da Penha Leste, é um presente dado por Deus através da pessoa, do coronel PM Adelmário Xavier, que confiou em mim.

É uma missão difícil no sentido de que, vivenciamos diariamente o sofrimento de muitas mulheres que, infelizmente, necessitaram de uma Medida Protetiva de Urgência (MPU).

Em contrapartida, é um serviço especial e muito importante, pois já que houve a necessidade de uma MPU, nós da Ronda temos esse prazer em, proporcionar,pra essa mulher uma certa confiança em denunciar as agressões sofridas, pois somos esse agente fiscalizador.

E quanto ao efetivo só tenho que agradecer, todos eles são especiais, dedicados e se comovem com o sofrimento dessas mulheres acompanhadas, de perto, por cada um deles.

Posso dizer, com toda certeza: é um efetivo de excelência! São todos capacitados (temos bacharéis em direito ,nutricionista, pedagogo, bacharel em teologia, administrador, enfermeira, mestrando na área de violência doméstica), ainda assim, não deixamos de ter, uma relação de respeito e mútua consideração.

Estão sempre um ajudando o outro. Eles também dão opinião no que poderia ser melhorado no atendimento às mulheres.

Digo pra eles sempre (guarnição), que foram um presente de Deus pra mim e para as mulheres sofridas!

Ascom/CPRL

Comentários

comentários

Veja também