Carlos Lima
Hoje dia 27/06/2019 às 10:39:05

Polícia
Carlos Lima | Publicado em 03/06/2019 às 01:41:40

TODOS BOA GENTE

TODOS BOA GENTE

Rubem Valente traz na Folha, a história de mais um personagem – e mais um PM – da tropa do gabinete de Flávio Bolsonaro.

Trata-se do sargento Marcos Domingos, um dos que está na lista das quebras de sigilo do caso Fabrício Queiroz e que, digamos, “serviu” como “assessor externo”, com a missão de percorrer quartéis da PM.

Numa terça-feira, 27 de fevereiro do ano passado,  este então “assessor externo” agrediu e ameaçou a revólver um empresário da área farmacêutica, alegadamente porque um ex-sócio teria feito com ele um dívida de R$ 50 mil e não pagou.

Tudo, claro, como era comum neste ambiente de “tutti buona gente”, “de boca”, sem promissória, sem cheque pré-datado, coisa de amigo, como fez Jair Bolsonaro com o próprio Fabrício.

Desconhece-se como um modesto sargento da PM dispõe de R$ 50 mil assim, para emprestar sem garantias, a alguém que não sabe nem por onde anda, já que foi cobrar do ex-sócio.

Fabrício sabia escolher, não é?

|FSP

Comentários

comentários

Veja também