Carlos Lima
Hoje dia 20/09/2018 às 19:54:10

Política
Carlos Lima | Publicado em 09/09/2018 às 22:47:19

BANDITISMO: BARROSO CENSURA A PALAVRA LULA PARA PREJUDICAR HADDAD

BANDITISMO: BARROSO CENSURA A PALAVRA LULA PARA PREJUDICAR HADDAD MINISTRO BARROSO

Depois de afrontar o Comitê de Direitos Humanos da ONU, que determinou ao Brasil que garantisse os direitos políticos de Lula, mantido como preso político para não disputar uma eleição que ele venceria com facilidade, o ministro Luis Roberto Barroso acaba de tomar mais uma decisão inusitada: censurou a palavra Lula nos comerciais do PT.

“Luís Roberto Barroso acaba de mandar que o PT tire qualquer referência ‘escrita, oral, pictográfica ou gráfica’ à candidatura de Lula da propaganda, para não induzir o eleitor ao erro.

O partido também não pode manifestar apoio a Lula em nenhuma peça da propaganda nem de nenhuma candidato da coligação”, informa o colunista Lauro Jardim.

O objetivo é impedir a natural transferência de votos de Lula para Haddad, que seria a reação natural dos eleitores, diante da violência institucional que vem sendo cometida por setores do Poder Judiciário.

A derrota do PT, que promete regular os meios de comunicação, interessa sobretudo à Globo e também às petroleiras internacionais, que estão levando de bandeja o pré-sal.

Meus amigos é difícil acreditar que o ministro Barroso do Supremo Tribunal Federal tenha tido a coragem de se tornar o censor e o executor de decisão nazi-fascista tão autoritária que nem o regime de exceção ousou adotar.

É a prova clara da perseguição política e da inocência de Lula em todo processo idealizado, criando, montado e incentivado por uma elite dominante interna e externa.

Se existia alguma dúvida ela agora se dissipa. Enche de vergonha todos os brasileiros, constamos a destruição da credibilidade dos poderes constituídos em nosso país – nos dias atuais –  é o amplo domínio do capital sobre os direitos individuais e sociais do nosso povo.

 

 

Comentários

comentários

Veja também