Carlos Lima
Hoje dia 07/12/2019 às 13:34:09

Política
Carlos Lima | Publicado em 12/11/2019 às 08:58:24

Ciro fala sobre Lula Livre e diz que ele insiste em farsa sobre candidatura

Ciro fala sobre Lula Livre e diz que ele insiste em farsa sobre candidatura Ciro Gomes e Lula (Foto: Ricardo Stuckert)

Três dias após o ex-presidente Lula deixar sua prisão política em Curitiba, Ciro Gomes quebrou o silêncio, em entrevista ao Globo nesta segunda-feira 11, e disse que o petista insiste em uma farsa e tenta enganar o povo ao se lançar candidato “sem poder ser”.

“Ele não aprendeu rigorosamente nada (na cadeia) ao se colocar como candidato sem poder ser”, declarou o ex-presidenciável pelo PDT. Sobre a soltura em si, afirmou achar que “era hora dele”, voltando a rejeitar a condição de que ele seria, porém, um preso político.

“Preso político? O último preso político notável da América Latina foi o (ex-presidente do Uruguai Pepe) Mujica. Preso (durante a didatura militar do país sul-americano), que nunca viu um promotor ou juiz, sumiu. Ficou um ano numa fazenda dormindo num silo, quase enlouqueceu. O nome disso é preso político. Agora o outro lá é preso político. Aí de repente o Supremo manda soltar e pronto, não é mais preso político? Percebe? É um negócio de doido. Se você entrar nisso, é a tragédia brasileira”, argumentou.

Sobre os discursos de Lula, que anunciou que pretende viajar pelo Brasil, disse ser um erro ele se lançar como candidato, e que seria a repetição da farsa, uma vez que ele não recuperou seus direitos políticos:

“O Lula não saiu da cadeia inocente, nem inocentado pelos tribunais como eles estão, de novo, enganando e explorando a boa fé da população brasileira. O Lula foi devolvido às ruas porque está pendente um conjunto de recursos. Ele tem direito de aguardar em liberdade como qualquer outro cidadão. Aí o Lula sai imediatamente demonstrando que não aprendeu rigorsamente nada, sai o mesmo: candidato sem poder ser. Já foi assim em 2018. E deu-se a farsa do Haddad, que se submeteu a uma fraude. Eles diziam que eleição sem Lula era fraude, depois já não era mais fraude. O que eles dizem de manhã não serve para de tarde. Sempre com a presunção de que o povo é ignorante, que o povo é idiota, que cabe manipular, mentir, enganar porque o que importa é o projeto de poder. Agora, vai se repetir como tragédia, se persistir nesse caminho”.

247

Comentários

comentários

Veja também