Carlos Lima
Hoje dia 20/04/2018 às 06:52:50

Política
Carlos Lima | Publicado em 09/02/2018 às 09:29:03

Datafolha: 53 milhões de brasileiros querem votar em Lula

Datafolha: 53 milhões de brasileiros querem votar em Lula Gráfico pesquisa Datafolha

O Centro de Inteligência Leonel Brizola (Cilb) divulgou hoje a primeira edição de seu informe mensal. É uma análise sobre os mais recentes números de preferência partidária, filiação e intenção de voto, dos principais institutos de pesquisa do país.

Assim como vimos na pesquisa Ibope sobre filiação partidária, também aqui notamos que o PT lidera mesmo em categorias e regiões mais conservadoras.

Entre eleitores pertencentes a famílias de alta renda (mais de 10 salários), por exemplo, o PT tem uma preferência de 13%, o que corresponde, mais ou menos, a 750 mil cidadãos.

O PSDB, por sua vez, goza da preferência, nesta mesma categoria, de 10%, ou 576 mil pessoas. Ainda na mesma categoria (e só a título de curiosidade), o PMDB tem apenas 2% de preferência.

Quando olhamos para a intenção de voto em Lula, porém, a força petista se expande sobremaneira. Entre os mesmos eleitores de alta renda, pertencentes a famílias com renda acima de 10 salários, Lula tem surpreendentes 21% de intenção de voto, contra 20% de Bolsonaro e 7% de Alckmin.

Esses 21% de Lula entre o eleitorado mais rico corresponde, aproximadamente, a 1,2 milhão de eleitores, num universo total de 5,7 milhões de pessoas.

Outros números interessantes, por quebrarem alguns preconceitos, é sobre o voto lulista e a preferência partidária no Sudeste.

Segundo o Datafolha, o PT tem 15% da preferência partidária no Sudeste, contra 4% do PSDB. Isso significa, em números de eleitores, que 9 milhões de brasileiros que votam no Sudeste tem preferência partidária pelo PT, contra apenas 2,5 milhões, também eleitores e residentes no Sudeste do país, que preferem o PSDB.

Quando olhamos a coluna de intenção de voto, o quadro é ainda mais interessante. Lula tem 17 milhões de eleitores no Sudeste, contra apenas 6,8 milhões para Geraldo Alckmin e 11 milhões para Bolsonaro. Ou seja, Lula sozinho tem quase a mesma quantidade de eleitores, no Sudeste, que seus dois principais adversários.

Se formos para o Nordeste, a vantagem de Lula e do PT, naturalmente, dispara. A preferência partidária do nordestino é coerente com seu voto: 28% elegem o PT como sua legenda favorita, contra apenas 2% que preferem o PSDB. Isso significa que o PT tem quase 11 milhões de militantes no nordeste, enquanto o PSDB, apenas 780 mil.

Em se tratando de intenção de voto, Lula tem 22,6 milhões de eleitores no Nordeste. Bolsonaro e Alckmin, somados, tem menos de 4 milhões de votos na região.

Miguel do Rosário

Comentários

comentários

Veja também