Carlos Lima
Hoje dia 19/09/2019 às 16:01:20

Política
Carlos Lima | Publicado em 06/12/2015 às 11:33:15

GLOBO CONFIRMou QUE TEMER JÁ MONTOU O QG DO GOLPE

GLOBO CONFIRMou QUE TEMER JÁ MONTOU O QG DO GOLPE Os traidores se apresentam

Reportagem de capa do jornal O Globo deste domingo, 6, confirma que o vice-presidente Michel Temer já montou sua equipe para trabalhar em prol da aprovação do impeachment da presidente Dilma Rousseff no Congresso Nacional.

O QG do golpe é formado pelo presidente da Fundação Ulysses Guimarães e ex-ministro de Dilma, Moreira Franco; pelo recém saído da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha, pelo senador Romero Jucá (RR) e pelo ex-ministro de Integração Nacional do governo Lula Gedel Vieira Lima (BA).

Perguntado se Temer vai segurar o grupo para não trabalhar pelo impeachment, Geddel disse que Temer não tem como segurar o movimento em torno dele.

“Temer não precisa se mover agora. Tem que deixar as ondas baterem nas pedras para ver a espuma que fará, como as ruas vão se manifestar, como as forças no Congresso vão se aglutinar”, afirmou.

Já Eliseu Padilha, expert em planilha e controle de votos desde a Constituinte, começa a trabalhar a partir de amanhã no gabinete da presidência do PMDB, que fica na Câmara dos Deputados.

Outro membro atuante do grupo do vice-presidente é o ex-governador e ex-ministro Moreira Franco, autor do documento intitulado “Ponte para o Futuro”, o plano de governo de uma eventual gestão Temer.

“O impeachment está posto e certamente será uma grande contribuição para que possamos recuperar 2015, um ano que se perdeu na queda de braço entre a presidente Dilma e Eduardo Cunha, e de retomarmos o esforço de criar condições para que possamos sair da maior crise econômica da História”, afirmou Moreira.

Apesar das articulações golpistas autorizadas pelo vice-presidente, a presidente Dilma Rousseff também se articula para aglutinar forças políticas suficientes para arquivar o processo de impeachment.

Para isso conta com uma ala importante do PMDB, a do Rio de Janeiro, que tem o maior número de membros da bancada do partido na Câmara.

Leonardo Attuch

Comentários

comentários

Veja também