Carlos Lima
Hoje dia 21/11/2017 às 17:41:32

Prefeitura
Carlos Lima | Publicado em 21/06/2017 às 12:22:14

Feira tem 105 equipes atuando em USF

Feira tem 105 equipes atuando em USF O município possui uma das maiores redes de saúde do país

 A Secretaria Municipal de Saúde, através da Atenção Básica, dispõe de 105 equipes de profissionais atuando nas 85 Unidades de Saúde da Família (USF) e mais uma equipe que assegura o atendimento à população através do programa Consultório na Rua. Além destas, o cidadão de Feira de Santana tem a sua disposição 32 equipes garantindo o atendimento nas 14 Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Isso demonstra o esforço do Governo Municipal em assegurar o acesso da população aos serviços da atenção primária, investindo na construção, reforma e ampliação de unidades, bem como em capacitações para os profissionais – entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e odontólogos.

De acordo com a chefe da Atenção Básica, Valdenice Queiroz, cada uma dessas equipes é responsável por uma área de abrangência, atendendo em média quatro mil usuários.

Proporcionalmente é uma das maiores redes do país. “As equipes acabam atendendo até mais pessoas, sobretudo, nos bairros onde estão localizados os empreendimentos residenciais do Minha Casa, Minha Vida”, afirma.

Nos últimos quatro anos, o Governo Municipal reformou 14 unidades de saúde, ampliou e reformou outras 11 e construiu 18. As novas USF contemplaram os bairros Tomba, com a inauguração USF Dr. Renato D’El-Rey Sá Bittencourt Câmara, localizada na rua do México, e o conjunto Feira VI com a USF Roque de Carvalho Cordeiro.

Também foram construídas USF nos bairros Campo Limpo, Alto do Rosário, Expansão Feira IX, Panorama, Liberdade, Tanque da Nação, Conceição II, Feira X, Pedra do Descanso, Gabriela e o distrito de Maria Quitéria.

Segundo a secretária de Saúde, Denise Mascarenhas, o número de unidades e equipes de saúde que Feira de Santana disponibiliza mostra o comprometimento do Governo Municipal com a população.

“Entendemos que a Atenção Básica é a porta prioritária para a assistência aos usuários, prestando o acolhimento adequado e necessário. Isso é resultado de um governo comprometido com a saúde do seu povo”, afirma.

Secom

Comentários

comentários

Veja também