Na dúvida, é melhor tomar a vacina contra o sarampo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Foto: Raylle Ketlly

Na dúvida, se foi vacinado ou se já teve sarampo em alguma fase da vida, o mais indicado é pegar o caminho da unidade pública de saúde mais próxima a sua casa para tomar o imunizante que vai proteger seu organismo contra a doença, que é altamente infecciosa. A orientação é do prefeito Colbert Martins Filho, que também é médico.

Ele explica que a vacina, principal forma de prevenção desta doença, começa a preparar o organismo contra o sarampo, com a produção de anticorpos, em torno de duas semanas após a sua aplicação.

“Os adultos quebram a cabeça com esta dúvida: se tomaram a vacina em alguma fase das suas vidas ou se já foram acamados devidos ao sarampo – em caso positivo não há necessidade de toma-la novamente, porque a imunidade é para o resto da vida”, salienta.

“Mas esta é uma decisão que deve ser referenciada pela certeza. Na dúvida, a melhor opção é tomar a vacina”, acrescenta Colbert. Os indivíduos com idade entre 1 e 29 anos devem tomar dose única. As crianças são mais suscetíveis às complicações causadas pelo vírus.

Já para aqueles com idades entre 30 e 49 anos, a dose é única – exceto os profissionais de saúde – que recebem duas doses.

A vacina não é indicada a pessoas com alergia grave ao ovo, pacientes em tratamento com quimioterapia, gestantes, portadores de imunodeficiências congênitas ou adquiridas, quem faz uso de corticoide em doses altas, transplantados de medula óssea e bebês com menos de seis meses de idade.

A Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Saúde, disponibiliza a vacina contra o sarampo em todas as USF (Unidade de Saúde da Família) e UBS (Unidade Básica de Saúde).

PMFS

OUTRAS NOTÍCIAS