Carlos Lima
Hoje dia 28/07/2017 às 00:46:17

Prefeitura
Carlos Lima | Publicado em 13/07/2017 às 15:18:38

Prefeitura inaugura escola para atender crianças em tempo integral no bairro Campo Limpo

Prefeitura inaugura escola para atender crianças em tempo integral no bairro Campo Limpo A unidade leva o nome da professora Janete Gomes Medeiros

Uma escola com estrutura arquitetônica moderna, nove salas de aula e projetada para atender as crianças em tempo integral, foi inaugurada nesta quinta-feira, 13, no bairro Campo Limpo, pela Prefeitura de Feira de Santana. A unidade leva o nome da professora Janete Gomes Medeiros.

Em suas instalações a escola conta com espaço multimídia, brinquedoteca, refeitório, bateria de sanitários e salas administrativas. Também integra a estrutura uma quadra poliespoetiva coberta, com vestiários.

Segundo o prefeito José Ronaldo, a nova unidade faz parte de um grande projeto de reestruturação física da rede municipal. Nos últimos tempos, diz ele, o Município tem mantido a regularidade de inaugurar, no mínimo, uma escola por semana. “É uma história nova que estamos construindo, e a Câmara Municipal tem sido parceira em todo este processo”.

Ele agradeceu à direção das associações Santa Isabel e Semeadores de Cristo, no bairro George Américo, que acolheram temporariamente os alunos do novo educandário, enquanto a obra estava sendo construída.

A secretária de Educação do Município, Jayana Ribeiro, diz que além de salas de aula amplas e modernas, e dos equipamentos, a escola conta com uma equipe técnica capacitada.

A solenidade contou com as presenças do vice-prefeito Colbert Martins, os secretários Ozeny Moraes (Gestão e Convênio), Paulo Aquino (Governo), Justiniano França (Serviços Públicos), Pablo Roberto (Prevenção à Violência), Mário Borges (Chefe de Gabinete), Valdomiro Silva (Comunicação), e o suplente de deputado Zé Chico.

A Câmara Municipal esteve representada pelos vereadores Zé Curuca, João Bililiu, Ron do Povo, José Carneiro, Marcos Lima, Roberto Tourinho, Gilmar Amorim, Cadimiel Pereira e Luiz Augusto de Jesus.

Secom

Comentários

comentários

Veja também