Carlos Lima
Hoje dia 23/10/2019 às 09:49:20

Região
Carlos Lima | Publicado em 07/06/2019 às 14:54:10

Duas pessoas são atingidas por placas de gesso em sede de órgão da prefeitura

Duas pessoas são atingidas por placas de gesso em sede de órgão da prefeitura Local, que fica no bairro do Comércio, em Salvador. Prédio ficará fechado até que seja concluída a manutenção.

Duas pessoas foram atingidas por placas de gessos na manhã desta quinta-feira (7), na sede da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), no bairro do Comércio, em Salvador. Conforme o órgão, o local ficará fechado até que seja concluída a manutenção do teto.

Segundo informações da secretaria, as duas vítimas, que não tiveram a identidade divulgada, ficaram feridas levemente. Elas foram socorridas por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e liberadas.

O órgão informou que o prédio foi evacuado imediatamente. Foram acionadas a Defesa Civil de Salvador (Codesal) e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), além do Corpo de Bombeiros, para avaliações técnicas e reparos.

De acordo com a Sempre, os serviços oferecidos na sede podem ser realizados nas 10 Prefeituras-Bairro, nos 29 Centros de Referência da Assistência Social espalhados por Salvador e no posto da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), no bairro de Periperi.

Uma pane nos sistema provocou a suspensão de serviços de auxílios oferecidos em situações emergenciais, Bolsa Família, Passe Livre para pessoa com deficiência, Carteira de Idoso e benefícios eventuais na sede do Centro Unificado de Inclusão Social, na terça-feira (4). O espaço fica na sede do órgão.

Beneficiados reclamaram que atendimentos foram suspensos há 15 dias. “Disseram que ia retornar 12h, depois 14h, e agora mandou retornar quinta-feira. Eu estou desempregada, esse benefício me ajuda e eu, sem dinheiro, tenho que ficar pedindo aos outros emprestado e quando recebo o Bolsa Família é só para pagar”, disse Taiane.

O gerente do Centro Unificado de Inclusão Social, Télio Barroso, afirmou que o sistema parou de funcionar na sexta-feira (31), após um problema com o equipamento de transmissão de rádio do sinal de internet.

“Não tem 15 dias, aconteceu um problema na sexta-feira com o equipamento de transmissão de rádio do sinal de internet e entramos em contato com a Cogel na própria sexta. Eles já fizeram a compra. Ontem [segunda, 3] a gente já fez a substituição e hoje estamos fazendo a substituição do cabeamento, então acredito que até as 14h tudo vai está normalizado, mas não tem 15 dias”, explicou o gerente da unidade.

G1

Comentários

comentários

Veja também