Duas pessoas são atingidas por placas de gesso em sede de órgão da prefeitura

Local, que fica no bairro do Comércio, em Salvador. Prédio ficará fechado até que seja concluída a manutenção.

Duas pessoas foram atingidas por placas de gessos na manhã desta quinta-feira (7), na sede da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), no bairro do Comércio, em Salvador. Conforme o órgão, o local ficará fechado até que seja concluída a manutenção do teto.

Segundo informações da secretaria, as duas vítimas, que não tiveram a identidade divulgada, ficaram feridas levemente. Elas foram socorridas por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e liberadas.

O órgão informou que o prédio foi evacuado imediatamente. Foram acionadas a Defesa Civil de Salvador (Codesal) e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), além do Corpo de Bombeiros, para avaliações técnicas e reparos.

De acordo com a Sempre, os serviços oferecidos na sede podem ser realizados nas 10 Prefeituras-Bairro, nos 29 Centros de Referência da Assistência Social espalhados por Salvador e no posto da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), no bairro de Periperi.

Uma pane nos sistema provocou a suspensão de serviços de auxílios oferecidos em situações emergenciais, Bolsa Família, Passe Livre para pessoa com deficiência, Carteira de Idoso e benefícios eventuais na sede do Centro Unificado de Inclusão Social, na terça-feira (4). O espaço fica na sede do órgão.

Beneficiados reclamaram que atendimentos foram suspensos há 15 dias. “Disseram que ia retornar 12h, depois 14h, e agora mandou retornar quinta-feira. Eu estou desempregada, esse benefício me ajuda e eu, sem dinheiro, tenho que ficar pedindo aos outros emprestado e quando recebo o Bolsa Família é só para pagar”, disse Taiane.

O gerente do Centro Unificado de Inclusão Social, Télio Barroso, afirmou que o sistema parou de funcionar na sexta-feira (31), após um problema com o equipamento de transmissão de rádio do sinal de internet.

“Não tem 15 dias, aconteceu um problema na sexta-feira com o equipamento de transmissão de rádio do sinal de internet e entramos em contato com a Cogel na própria sexta. Eles já fizeram a compra. Ontem [segunda, 3] a gente já fez a substituição e hoje estamos fazendo a substituição do cabeamento, então acredito que até as 14h tudo vai está normalizado, mas não tem 15 dias”, explicou o gerente da unidade.

G1

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

OUTRAS NOTÍCIAS