Carlos Lima
Hoje dia 20/09/2019 às 12:26:03

Região
Carlos Lima | Publicado em 07/03/2019 às 12:39:21

‘Vou enterrar meu príncipe’,diz mãe que enterrará filho no dia de seu aniversário.

‘Vou enterrar meu príncipe’,diz mãe que enterrará filho no dia de seu aniversário. Filho de Joice foi baleado em uma briga generalizada no circuito do Campo Grande — Foto: Maiana Belo

“Meu presente de aniversário, ontem, foi a morte do meu filho. Vou enterrar meu príncipe”, lamenta Joice Pinheiro do São Pedro, mãe de Jeferson São Pedro Almeida, de 21 anos, que teve morte cerebral confirmada na quarta-feira (6), cinco dias após ter sido baleado durante o carnaval de Salvador.
Jeferson foi atingido por disparo de arma de fogo na sexta-feira (1º), quando acompanhava o desfile do bloco Olodum, no circuito do Campo Grande. Na ocasião, outras três pessoas foram baleadas, mas conforme informações da polícia, não correm risco de morte.
De acordo com Joice, o filho, que estava internado no Hospital Geral do Estado (HGE), não costumava passar o carnaval em Salvador e que, antes dele ser baleado, ela se surpreendeu em vê-lo na festa.
“Quando encontrei ele na avenida eu disse: ‘Jeferson, você está fazendo o que aqui?’. Aí ele disse: “Só vou viajar sábado'”, contou. Ele passaria carnaval em Cabuçu, no recôncavo baiano.

Conforme relatou Joice, Jeferson se afastou para comprar um refrigerante para ela, quando os disparos ocorreram.
“Eu só vi as pessoas correndo e ele sendo carregado por um monte de gente, já ferido. E minha nora tentando estancar o sangue dele”, relatou.
Joice ainda detalhou que Jeferson era casado e deixa um filho de um ano e oito meses. A mãe do jovem contou que ele era mecânico, trabalhava em uma oficina e também estudava. Ele terminaria o Ensino Médio este ano. Segundo Joice, o sonho dele era ter o próprio negócio.

G1/BA

Comentários

comentários

Veja também