Carlos Lima
Hoje dia 13/12/2017 às 16:50:54

Saúde
Carlos Lima | Publicado em 30/11/2017 às 15:17:55

ANS suspende a venda de 31 planos de saúde

ANS suspende a venda de 31 planos de saúde Planos que foram alvo de reclamação no terceiro trimestre tiveram a venda suspensa pela ANS (Foto: Reprodução/TV Globo)

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) informou nesta quinta-feira (30) que suspendeu a venda de 31 planos de 10 operadoras. O motivo foram reclamações recebidas a respeito do serviço desses planos.

Os planos que tiveram as vendas suspensas têm, somados, mais de 167 mil beneficiários, que continuam segurados. Segundo a ANS, entre as reclamações que levaram à suspensão das vendas estão negativas e demora no atendimento. As queixas foram registradas no terceiro trimestre deste ano.

Para conseguir voltar a vender os planos, as 10 operadoras precisam comprovar à ANS que houve melhoria nos serviços.

“A ANS monitora as reclamações registradas pelos beneficiários e, a cada três meses, identifica as operadoras e planos com maior número de reclamações assistenciais, tendo em conta o número de beneficiários e a segmentação assistencial”, explicou em nota a diretora de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Karla Coelho.

No site da agência, os consumidores podem consultar os planos suspensos classificação de todas as operadoras credenciadas a operar no mercado.

Planos que voltaram a vender

A ANS também informou que 27 planos que estavam com as vendas suspensas puderam ser reativados. Eles pertencem a 7 operadoras. Dessas, 4 operadoras foram totalmente liberadas para voltar a vender seus planos: Assistência à Saúde (CABERJ), Assistência dos Servidores da Fundação Nacional de Saúde (CAPESESP), Unimed-Rio Cooperativa de Trabalho Medico do Rio de Janeiro GS Plano Global de Saúde LTDA.

As outras, que tiveram apenas parte dos planos reativados, foram Salutar Saúde Seguradora S/A, Unimed Norte/Nordeste-Federação Interfederativa das Sociedades Cooperativas de Trabalho Médico e Associação Auxiliadora das Classes Laboriosas.

Somados, os planos reativados têm mais de 132 mil clientes. Essas pessoas continuaram seguradas durante a suspensão de novas vendas.

Karina Trevizan

Comentários

comentários

Veja também