Carlos Lima
Hoje dia 19/08/2018 às 10:00:18

Saúde
Carlos Lima | Publicado em 06/12/2016 às 16:18:10

Consultório na Rua: promoção à saúde de pessoas em situação de vulnerabilidade

Consultório na Rua: promoção à saúde de pessoas em situação de vulnerabilidade Consultório médico na Rua

A menos de dois anos que foi implantado no Município pela Prefeitura de Feira de Santana, o programa Consultório na Rua já diagnosticou seis casos do vírus HIV e da sífilis e um de hanseníase.

Casos de tuberculose são comuns entre a população em situação de vulnerabilidade social. Já foram cadastradas pelo programa 340 pessoas – a população é volante.

“Todos os casos diagnosticados foram encaminhados para os serviços de referência”, afirmou a enfermeira do Programa, Darlene Santana, reforçando que a assistência prestada pela equipe multiprofissional é de serviços da Atenção Básica.

As ocorrências mais comuns entre os moradores de rua é a frieira, micose, problemas mentais, diabetes e hipertensão.

São pessoas que têm uma vida associada ao alcoolismo, a drogas ilícitas e que perderam os vínculos familiares – já existem no programa cinco casos de retorno ao âmbito familiar, em que foram transmitidos valores morais e sociais que servem de base para o processo de ressocialização do usuário.

O trabalho do Consultório na Rua é desenvolvido por médico, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistente social e psicólogo.

Entre os serviços ofertados estão a realização de curativos, retirada de pontos, distribuição de preservativos, vacinação, teste de glicemia e aferição da pressão arterial.

O programa tem a sua base no primeiro andar onde funciona o Centro Municipal de Hepatites Virais, instalado na rua Barão do Rio Branco, 1.054, centro. A comunidade também pode acionar o serviço ligando para o número (75) 3624-4199.

SECOM

Comentários

comentários

Veja também