Carlos Lima
Hoje dia 17/07/2018 às 11:37:26

Saúde
Carlos Lima | Publicado em 20/02/2018 às 12:02:00

Modelos com autismo viram garotas-propaganda em Gana

Modelos com autismo viram garotas-propaganda em Gana Garotas autistas combatem preconceito atuando como modelos

Meninas com autismo vêm roubando os holofotes em Gana.

Elas estão combatendo o preconceito atuando como modelos.

O autismo integra um grupo maior de doenças conhecido como transtorno do espectro autista (TEA). Os sintomas variam muito, mas os mais comuns afetam habilidades sociais e de comunicação.

As meninas de Gana hoje aproveitam a fama – elas ganharam prêmios e se tornaram garotas-propagandas de uma companhia de água.

Mas a jornada não foi fácil.

“As pessoas retiraram seus filhos da escola porque estavam com medo de que eles seriam ‘infectados’ pelo autismo das minha filha”, diz Mary Amoah, mãe de uma das modelos.

“É triste. Pareceu que o mundo acabou para mim”, acrescenta.

Amoah lembra que “há sempre um lado positivo para toda situação negativa”.

“Vi o quão bonita ela era e disse: “Ok, se você é bonita, você pode fazer alguma coisa (com isso). Se você estiver desfilando em uma passarela, não precisa falar muito”, diz.

“Então, comprei uma câmera profissional e, todo dia, a fazia desfilar e tirava fotos”, completa.

Em alguns países da África, ainda existe pouco tratamento disponível para o autismo.

Centenas de crianças com o distúrbio são mantidas à margem da sociedade e, em alguns casos, até acorrentadas dentro de casa.

BBC Brasil

Comentários

comentários

Veja também