Carlos Lima
Hoje dia 20/09/2019 às 03:16:55

Saúde
Carlos Lima | Publicado em 01/12/2015 às 17:12:27

Os segurados do Planserv estão sendo assaltados pelo governo do estado

Os segurados do Planserv estão sendo assaltados pelo governo do estado O servidor crucificado pelo governador

Os deputados da base aliada aprovaram mudanças nas mensalidades do Planserv que se transformaram num verdadeiro assalto ao servidor estadual.

 O servidor que tem um salário bruto de R$ 3.750, 00, e possui dois agregados com mais de 24 anos, hoje contribui com R$ 305,00, mais R$ 122,20 da esposa e com R$ 246,22 dos agregados, perfazendo um total de contribuição de R$ 673,42.

O servidor aposentado com nível 1, com apenas 20 horas, que pagava pelo neto uma contribuição de R$39,00, passou a pagar R$70,00, o titular e filho com 24 anos paga R$123,00, cada um, o cônjuge ficou com 50% do titular.

O servidor com 40 horas, nível 1, passou a pagar R$350,00 e o filho com 24 anos, o mesmo valor, cada um. O cônjuge paga 50% do valor da mensalidade do titular.

Esses valores já foram descontados na folha de pagamento do mês de novembro, uma rapidez nunca antes encontrada. Deve salientar que a inflação desse ano, prevista pelo próprio governo, será em torno de 10,38% e o governador Rui Cost   afirma que não terá de salário de 2016.

Esse foi o presente de fim ano do governador Rui Costa, dos deputados da base aliada e da senhora Cristina Cardoso (guardem este nome), atual gestora do Planserv e mentora sinistra da proposta que os deputados lagartixas, comandados pelo líder Zé Neto (guardem também este nome) aprovaram e já colocaram em prática.

Em outras situações a contribuição do servidor continua R$ 305,00 e aí começa o enfiar a mão no bolso como qualquer vulgar ladrão: O cônjuge passa a contribuir com R$ 152,75 e os dois dependentes no caso do exemplo saí 246,22 para R$ 610,00.

Desta forma, o servidor público baiano, mal remunerado, que a cada reajuste salarial, tem acrescido no seu desconto de contribuição mesmo percentual concedido – apesar da senhora Cristina fornecer provas que desconhece esse fato, além de afirmar que o valor de contribuição está a mais de 04 anos no mesmo patamar.

O Planserv é um plano que só atende na Bahia, e muito mal, e tem o valor superior a muitos planos que atende nacionalmente, ou seja, o servidor está vendo sua contribuição saltar de R$ 673,42 para R$ 1.067,75. Isto sem contar àqueles que aderiram ao Plano Especial, que neste caso ainda terá o acréscimo de R$ 20,00 por dependente.

Não esqueça de somar a este desconto o Funprev, que corresponde a 12;5% do seu vencimento bruto.

Se o objetivo da senhora Cristina Cardoso de dos deputados era excluir os agregados com mais de 24 anos, com certeza eles  conseguiram atingir o objetivo, mesmo que seja de forma indireta.

Eles também contaram com o apoio dos pelegos sindicalistas, comandados pela malfadada senhora Marinalva, com o beneplácito da bancada de parlamentares e com a burrice da oposição, os quais demonstraram mais uma vez completa incompetência política para fazer oposição responsável.

Os servidores estão se organizando, em todas as categorias, para iniciar um movimentos de paralisações contra essas mudanças no Planserv, que penaliza a todos.

cljornal

Comentários

comentários

Veja também