Agronordeste incrementa produção agropecuária em PE

O Agronordeste – plano de ação para impulsionar o desenvolvimento econômico e social sustentável do meio rural, implantado em 2020 no estado, já colhe resultados positivos com o crescimento da produção nas cadeias da bovinocultura de leite, fruticultura e ovinocaprinocultura.

No âmbito estadual, o AgroNordeste é executado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Pernambuco (Senar/PE).

A instituição oferta Assistência Técnica e Gerencial – ATeG a 2.300 propriedades prioritariamente localizadas no semiárido.

Atualmente, o plano é responsável pelo acompanhamento técnico da produção mensal de 2,5 milhões de litros de leite, e também pelo gerenciamento das 900 propriedades, situadas no Agreste Meridional, principal bacia leiteira do estado.

Já na fruticultura, são atendidas cerca de 1.100 propriedades, estando a maioria delas localizadas em Petrolina.

A cultura da uva, que é predominante no município, normalmente registra duas safras por ano e, após o acompanhamento da ATeG,  ultrapassou essa marca e já contabiliza três safras da variedade BRS Vitória, no mesmo período.

Na ovinocaprinocultura, mais de 300 propriedades contam com o serviço. A cadeia produtiva é destaque no município de Dormentes, que detém mais de 60 kg da produção de carne por hectare, superando a média de 25 kg/hectare dos demais municípios produtores.

“Dessa forma, o AgroNordeste tem ajudado a expandir o negócio de pequenos e médios produtores, gerando mais renda e emprego na região onde vivem” enalteceu Adriano Moraes, superintendente do Senar Pernambuco.

A iniciativa é uma parceria entre o Senar e a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater), com o apoio do Ministério da Agricultura, para atender gratuitamente produtores rurais do Nordeste e região semiárida do norte de Minas Gerais.

Senar/PE

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS