As exportações totais de carne de frango dá suporte a preço doméstico

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
O abate

As exportações totais de carne de frango (incluindo todos os produtos, entre frangos inteiros, cortes, salgados, processados e embutidos) avançaram 6% em fevereiro deste ano, ante igual mês de 2015, totalizando 320,3 mil toneladas, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

A receita, no entanto, recuou 11,5%, na mesma base de comparação, para US$ 458,6 milhões. O saldo em reais, por sua vez, avançou 24,9% para R$ 1,82 bilhão, informou a associação nesta quarta-feira (2/3).

“O cenário segue aquecido para os exportadores e agora temos outros fatores influenciando este resultado em relação ao ano passado, como novas plantas (autorizadas a exportar) para o México e China e o recente início de embarques para a Mongólia”, afirmou, em nota, Ricardo Santin, vice-presidente de Aves da ABPA.

No acumulado do bimestre, as exportações tiveram alta de 9,9% em comparação com os dois primeiros meses de 2015, com 637,1 mil toneladas.

A receita cambial foi de US$ 909,7 milhões (-10,2%) e, em reais, de R$ 3,6 bilhões (+32,2%).

exportação, estabiliza, preço, mercado”O saldo positivo acumulado no ano tem ajudado a diminuir os fortes efeitos das altas dos custos de produção”, disse, em nota, o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra.

Globo Rural

OUTRAS NOTÍCIAS