Disputa por mandioca deve seguir acirrada em 2014

 

A produção de mandioca deve avançar neste ano, mas ainda pode ficar abaixo da demanda industrial. Neste cenário, a disputa pelo produto, que já foi acirrada em 2013, deve continuar em 2014, não abrindo espaço para quedas expressivas nas cotações.

 

Os elevados preços em 2013 influenciaram no aumento de área plantada de mandioca, contudo, em parte das regiões acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a produtividade agrícola tem sido baixa. A produção deve ter elevação de 9,8%, indo para 22,8 milhões de toneladas em 2014, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Quanto à fécula, apesar do avanço da produção de mandioca, o volume ainda deve ser insuficiente para abastecer o mercado brasileiro. Além disso, os estoques das fecularias estão baixos.

 

No mercado de farinha, pesquisadores do Cepea relatam que a forte estiagem que atingiu a região Nordeste em 2013 mudou de forma expressiva os fluxos de comercialização do produto. Compradores da região se abasteceram com grandes volumes produzidos no Centro-Sul.

 

Assim, foi possível aos atacadistas e às casas de farinha do Nordeste formar estoques, que têm atendido o mercado nos últimos meses. Todavia, as chuvas não chegaram em parte dessa região, e fica cada vez mais iminente a possibilidade de agentes buscarem novamente farinha no Centro-Sul em 2014.

Fonte: Ruralbr

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS