Tempo - Tutiempo.net

MST recebe prêmio por referência em Solidariedade na Bahia durante as enchentes

MST, solidariedade, ação e amparo

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) recebeu o prêmio Imprensa de Itamarajú pela atuação em prol da garantia da dignidade de vida e esperança às vítimas da enchente em Itamarajú e região, com a “cozinha e brigada Solidária de Médicos Solidários”

Segundo o Movimento, durante as enchentes foram doadas mais de 120 tonelada de alimentos, aproximadamente 13.465 de marmitas e 17 mil cestas básicas.

Além disso, a Brigada Nacional de Médicos já atendeu mais 1.000 pessoas e continua acompanhando as famílias vítimas das enchentes.

A juventude Sem Terra vem desempenhando o papel importante neste ato de solidariedade as famílias atingidas.

De acordo organizadores do prêmio imprensa Brasil, o Prêmio Solidariedade visa incentivar na comunidade ações solidarias a pessoas que sofrem com exclusão social.

Além do MST, outras entidades também receberam o prêmio em reconhecimento a solidariedade as vítimas das enchentes.

Por meio da mobilização das famílias Sem Terra, as vítimas de enchentes recebem desde dezembro doações de alimentos e outros itens essenciais após estado de emergência atingir 30 municípios.

Entre as áreas afetadas no extremo sul baiano, foram atingidas as famílias do Assentamento Cruz do Ouro, do MST, em Itamarajú, que prontamente contaram com o apoio da sua regional para que pudessem suprir suas necessidades emergenciais frente às  fortes chuvas.

Agentes Populares de Saúde do MST fazem desde dezembro também atendimento médico às vítimas das enchentes na Bahia.

O grupo de voluntários do Movimento Sem Terra, batizado de Brigada Solidária de Saúde do MST, busca ouvir a população, com afeto, e fortalecer a saúde pública, o atendimento médico é uma ação de solidariedade do MST a estas famílias atingidas.

O objetivo é fortalecer o acesso da população à saúde de qualidade, com atendimento de médicos, psicólogos, pediatras, enfermeiros e agentes de saúde nos distritos e bairros da região.

Editado por Fernanda Alcântara

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS