Preços da mandioca atingem novo recorde nominal

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A oferta restrita de mandioca e a necessidade das indústrias em atender compromissos e/ou formar estoques têm impulsionado os preços da raiz na maioria das regiões acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). As cotações subiram pela sexta semana seguida, atingindo novo recorde em termos nominais. Entre 14 e 18 de outubro, a média a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 440,85 (R$ 0,7667/grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), aumento de 4% ante a média anterior e avanço de 11% em quatro semanas.

 

 

Segundo pesquisadores do Cepea, há poucas áreas com mandioca pronta para colheita e produtores que têm a raiz estão entregando o produto aos poucos para as indústrias. Além disso, os trabalhos de colheita de mandioca de primeiro ciclo praticamente não têm avançado devido à menor produtividade agrícola e ao rendimento industrial abaixo do esperado para o período.

Fonte: Redação

OUTRAS NOTÍCIAS