Produtores integrados da Seara pedem intermediação do governo do Estado

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

O presidente da Associação dos Produtores Integrados em Avicultura da Bahia (Aiave Bahia), Benedito Batista, e o diretor-geral do Centro Industrial do Subaé (CIS), José Mercês Neto se reuniu com o governo do Estado, através do chefe de gabinete da Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração (SICM), Luíz Gonzaga, para levar reivindicações dos produtores associados em relação aos padrões da filial da Seara localizada em São Gonçalo.

 

Segundo o presidente da Aiave, é difícil manter um diálogo para a validação do novo contrato de parceria estabelecido pela empresa, além do seu check list que prevê a adequação e melhorias dos galpões de frangos dos produtores baianos.

 

“A nossa maior dificuldade é se adaptar ao padrão exigido pela Seara, empresa integrante do grupo do setor alimentício Marfrig Group. Não há abertura para conversa. Não podemos arcar com os gastos dessas reformas individualmente. Para que consigamos automatizar os galpões seria necessário que cada produtor desembolsasse cerca de R$ 50 mil”, reclamou Benedito.

 

A associação agrega cerca de 400 produtores e movimenta cerca de 130 mil aves por dia.

Fonte: Bahia Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS