A Maçonaria não é manipulada por forças secretas.

Entre as injustiças que são cometidas contra a Maçonaria, pode-se afirmar que algumas delas são praticadas por ignorância, falta de conhecimento e outras por má fé. O que mais nos chama a atenção é a articulação engendrada para desqualificar a nossa instituição, as quais são desprovidas de qualquer fundamento verídico.

 

Entre elas vamos destacar aquela que demonstra ignorância total dos princípios Maçônicos. É quando o profano afirma categoricamente que a Maçonaria é uma instituição manipulada, manejada por forças secretas, que a conduzem para o mal.

 

E ainda acrescentam que os vários Orientes nacionais são controlados e dependem de um poder supremo secreto, que lhes traça as normas de ação.

 

Ficamos estarrecidos com tudo isso, que não é tudo, porque ainda vociferam calúnias e mentiras sobre a Instituição, denunciando a pratica de ritos criminosos e de cultos satânicos. Esses são os verdaeiros inimigos gratuitos da Maçonaria.

 

Não sabem que os Grandes Orientes são absolutamente autônomos, a Maçonaria não depende de nenhum poder oculto, este poder não existe. Ela é autônoma, governa-se por si mesma.

 

As decisões adotadas pelo Supremo Conselho Maçônico de um país são definitivas, não cabe recurso contra elas, para nenhum tipo de poder internacional.

 

Não existe um poder Maçônico Internacional que supervisione, fiscalize ou determine qualquer ação ou atitude dos Grandes Orientes nacionais, ou  mesmo, que lhes dê instruções de funcionamento ou comando.

 

O que existe é uma identidade de deveres entre os maçons do mundo inteiro, entre os quais sobressai o princípio de Solidariedade e Fraternidade.

 

Destacam-se também os rituais que são idênticos e as constituições assemelham-se, não são iguais porque elas se ajustam às conveniências de cada país.

 

A Maçonaria é uma instituição de âmbito internacional, por isso existe a necessidade da instituição ser igual nas formalidades ritualísticas, com isso todo maçon, de qualquer parte do mundo, por exemplo, do Brasil, poder ser recebido nas Lojas da França, do Japão, da Inglaterra, e assim por diante. Porque os gestos e o modo de caminhar, são iguais.

Com essa unidade de comportamento o maçon pode ser recebido em qualquer Loja de qualquer país. Pela mesma razão, os sinais indicadores de cada grau, as formalidades para a sua recepção são iguais em todo o mundo.

 

Como os postulados Maçônicos são os mesmos, enaltecendo entre eles a Solidariedade, Fraternidade e a luta pela Liberdade, torna-se mais do que normal que uma Loja, um Oriente, encontre apoio e ressonância em outras Lojas em qualquer parte do mundo.

 

Sempre encontramos alguns poderosos que tentam destruir a Maçonaria. Nossa instituição sempre enfrentou e sobreviveu, entre nossos principais inimigos ao longo dos tempos, podemos citar os Jesuítas, Hitler, Mussoline, Stalin e outros menos famosos e poderosos.

 

Por isso mesmo é muito normal que todos os maçons, por instinto de defesa e sobrevivência, se unam contra o agressor comum.

 

A Maçonaria une todos os maçons pelos princípios de Fraternidade, Igualdade e Liberdade.   

Fonte: Carlos Lima

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS