Dramaturgo Naum Alves de Souza morre em São Paulo aos 73 anos

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Grande perda. Naum Aklves sepultado no domingo

O dramaturgo Naum Alves de Souza morreu nesse sábado (9), em São Paulo, aos 73 anos.

Além de escrever peças e óperas, ele atuou como diretor, cenógrafo, figurinista e ator. Entre seus textos principais estão No Natal a Gente Vem Te Buscar (1979) e Um Beijo, um Abraço, um Aperto de Mão (1984).

Naum Alves de Souza dirigiu grandes nomes do teatro, como Cleyde Yáconis e  Marieta Severo. Fundou com Carlos Moreno, Dionísio Jacob, Flávio de Souza e Mira Haar o Pod Minoga Studio – centro de pesquisas cênicas que desenvolveu linguagem original, na década de 1970, mesclando  circo, teatro de revista, ópera, cinema e rádio.

Também é lembrado pelos figurinos de Macunaíma (1978), dirigido por Antunes Filho.

A perda foi lamentada por diversos artistas e registrada pela Cooperativa Paulista de Teatro.

“No teatro, um final de semana de partidas. Neste sábado, faleceu o querido mestre Naum Alves de Souza”, diz a postagem no Facebook em que também é lembrada a morte da atriz cubana Phedra de Córdoba, que faleceu no mesmo dia.

O velório e enterro ocorreram ontem (10) no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, zona oeste da capital paulista.

Daniel Mello

OUTRAS NOTÍCIAS