MAP fervilha cultura em sua reabertura

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Shows no MAP

Recentemente reinaugurado, com várias melhorias em sua estrutura física, o Mercado de Arte Popular (MAP), a Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec) e a Associação dos Artesãos (Artemap) resolveu apostar em uma nova vertente e está incrementando sua programação cultural.

A iniciativa está obtendo uma grande repercussão junto à classe artística e o público frequentador do espaço centenário de Feira de Santana, que assim está sendo também revitalizado em sua programação artística.

O carro chefe é a música, brasileira, regional ou não. Na sexta-feira, 8, foi a vez de Bruno Bezerra com o “Chá Musical”. Ele dividiu o palco com o cantor Cezinha, entre outros convidados, e homenageou os 100 anos do MAP com a canção: “O Cantador”, música autoral que está no seu primeiro álbum intitulado “Ser”.

O público também curtiu e aplaudiu as performances de Bruno Bezerra na viola. “Afinamos o instrumento especialmente para lembrar os cantadores em geral, desde os repentistas de Feira aos mais sofisticados, afinal são todos intérpretes de emoções coletivas”, conta ele.

O projeto tem ainda o compromisso de valorizar outras linguagens e para isso criou as oficinas de artes, que já estão desenvolvendo a aprendizagem gratuita de dança, circo, teatro, confecção de turbantes, entre outros. As inscrições podem ser feitas gratuitamente no próprio MAP.

Também tem sido bastante concorrido o “Festival de Novos Talentos”, onde crianças ou qualquer pessoa que queira desenvolver sua vocação musical pode se aprimorar com professores e depois se apresentar para o público e um júri, que a cada semana escolhe e premia os destaques.

“Realmente estamos trabalhando para proporcionar opções tanto para quem quer se desenvolver nas artes, como para criar junto ao público o gostoso hábito de visitar o MAP, fazer compras e curtir um bom lazer”, pontuou Jean Marques, um dos coordenadores do projeto.

A pauta de shows com artistas profissionais também está a todo vapor. Neste mês de Janeiro já passaram por lá Paula Sanffer e Marcos Heynna e ainda estão previstas apresentações de Raimundo Sodré, no dia 16, Giramente, dia 23 e Marizélia no dia 30. Todos os shows são gratuitos para o público.

Batista

OUTRAS NOTÍCIAS