Pesquisa: 44,7% dos profissionais da cultura ficaram sem renda em junho

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A pesquisa Percepção dos Impactos da Covid-19 nos Setores Culturais e Criativos do Brasil, feita pelo Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura, aponta que 44,7% dos trabalhadores do setor ficaram sem renda entre os meses de maio e junho deste ano. O estudo ouviu até o momento 964 pessoas, que apontaram a perda de receita como o principal problema decorrente da pandemia do novo coronavírus.

O estudo busca compreender, com respostas de artistas de todo o país, as realidades estaduais e municipais e oferecer informações aos gestores públicos em tempo real, dimensionando os impactos de curto e médio prazo da pandemia no âmbito da cultura brasileira.

Metropóles

OUTRAS NOTÍCIAS