Colombiana de 84 anos descobre feto de 40 calcificado no abdômen

 

Uma mulher de 84 anos descobriu que carregava, há 40 anos, um feto em seu abdômen, de acordo com reportagem da emissora colombiana CityTv. A idosa estava com dor de cabeça e uma forte diarréia há vários dias e foi a um hospital em Bogotá. Quando os médicos fizeram uma radiografia, encontraram o feto de 32 semanas calcificado. Esse é um caso raro de litopédio, quando o feto se desenvolve fora do útero e, apesar de não sobreviver, não é rejeitado pelo corpo da mulher.

Segundo o jornal colombiano El Tiempo, a família decidiu, nesta quarta-feira (11), transferir a paciente para o Hospital Universitário La Samaritana, para submetê-la a um procedimento cirúrgico de retirada do “bebê de pedra”.

O jornal aponta que a mulher não consegue detectar o litopédio porque ele não apresenta sintomas. Quando se desenvolve fora do útero, o feto se petrifica para se proteger de bactérias sob o cálcio – mas ele leva muitos anos para virar um “bebê de pedra”.

Esse seria o segundo caso de litopédio do qual se tem conhecimento na Colômbia. A cada 20 mil gestações, uma pode gerar um feto calcificado.

Fonte: Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS