Tempo - Tutiempo.net

Em meio a surto, bebê de 10 meses é diagnosticado com hepatite aguda

Surto de hepatite aguda em bebê

As autoridades de saúde de Singapura confirmaram que um bebê de 10 meses contraiu hepatite aguda.

Os sintomas estão sendo investigados e comparados com os já reportados por outras crianças que têm apresentado a doença em diferentes partes do mundo.

O laboratório apontou o caso como negativo para os vírus comuns que causam a hepatite, do tipo A, B, C, D e E, assim como os demais casos registrados no surto atual.

O ministério da saúde local informou que o bebê teve covid-19 em dezembro, embora ainda não haja evidências de que a hepatite aguda esteja relacionada ao coronavírus.

Os pesquisadores estudam uma família de patógenos, chamada adenovírus, que causa uma série de doenças, incluindo o resfriado comum.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que o adenovírus foi detectado em pelo menos 74 casos. Já a infecção por covid-19 foi relatada em 20 dos testados e 19 casos tiveram uma coinfecção por covid-19 e adenovírus.

Surto mais intenso na Europa
O surto atual de hepatite aguda matou pelo menos uma criança e causou 17 transplantes de fígado diferentes países, segundo a OMS.

A  agência de saúde da ONU disse que, até 21 de abril, os casos tinham sido relatados no Reino Unido (114), Espanha(13), Israel (12), EUA (9), Dinamarca (6), Irlanda (5), Holanda (4), Itália (4), Noruega (2), França (2), Romênia (1) e Bélgica (1).

As autoridades descartaram qualquer possibilidade de que as vacinas da covid possam estar envolvidas nesses casos. A grande maioria das crianças não foi vacinada, disse o comunicado da OMS.

RCL

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS