Gêmeos morrem de covid-19 no Rio com apenas seis dias de diferença

Fábio e Felipe Cuiabano eram gêmeos univitelinos.

O advogado Felipe Cuiabano Barbosa, de 56 anos, morreu neste domingo, 14, vítima da covid-19.

Ele estava internado em uma clínica na zona sul do Rio de Janeiro desde o dia 24 de dezembro do ano passado.

A morte de Felipe Cuiabano Barbosa aconteceu apenas seis dias após a morte de seu irmão gêmeo, o dermatologista Fábio Cuiabano, que também estava com covid-19.

Fábio e Felipe Cuiabano eram gêmeos univitelinos.

Além de ambos morrerem em virtude da doença provocada pelo novo coronavírus, outro detalhe que chamou a atenção é que eles precisaram ser internados com apenas um dia de diferença.

Estadão

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS