Uma das aberrações humanas: Julia Pastrana

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Seus traços eram mais característicos de um gorila do que de um cão, o nariz eram grandes, seu rosto era coberto de pelos, e ela teve um duplo par de dentes, que proporcionou a sua boca como se apresenta.

Ela tinha um marido chamado Theodor Quaresma, que inicialmente tinha comprado ela e lhe ensinou a ser uma artista.

Com ela teve um filho que nasceu com as mesmas características da mãe, morrendo três dias depois do nascimento.

A mãe morreu cinco dias depois do parto, complicações no nascimento da criança. O marido, que era um explorador, manteve a mulher e o filho mumificados por muito tempo.

Consta-se que casou outras vezes mais com a condição e de fazer a mesma coisa. Um tempo depois foi descoberto e internado em um hospital psiquiátrico.    

Fonte: Pesquisa cljornal

OUTRAS NOTÍCIAS