Tempo - Tutiempo.net

· Feira: Orçamento para 2022 pode deixar mídia, chapa branca, com o pires na mão/ Por Sérgio Jones

Salve-se quem puder

Notícias nada alvissareiras surgem no horizonte e promete deixar com o pires na mão, grande parte da imprensa chapa branca feirense.

Como é do conhecimento geral, parte desse segmento vive e sobrevive ‘chalerando’ os podres poderes para se beneficiarem com as migalhas que este propicia, para os denominados amigos do rei.

Com a distribuição graciosa de empregos para os profissionais da imprensa e seus familiares, além de verbas públicas direcionadas para que esse setor possa turbinar os seus ganhos.

Como sentencia o pensador Juca Chaves: ”A Imprensa é muito séria, se você pagar eles até publicam a verdade”.

Essa possibilidade de crise no setor midiático surge com a perspectiva do orçamento para 2022. Que tramita na Câmara Municipal de Feira de Santana.
Com uma arrecadação prevista de aproximadamente de 1,6 bilhão, existe o desejo e a possibilidade, por parte de um grupo, de reduzir em mais de 70% das verbas reservadas no repasse para mídia e a publicidade local.

Atualmente conta com R$12.145.000,00. Caso a decisão se confirme, este setor contará apenas com R$3.000.000,00.

O orçamento para 2022 tem um prazo para ser apreciado até o dia 15 de dezembro.

Há a informações de que a alteração está sendo indigitado no Plano Plurianual que deve ser apreciado na próxima semana.

O que se comenta nos bastidores dos buxixos é que se realmente se concretizar a possibilidade de redução no repasse de verbas para a mídia tupiniquim. Muitos aventureiros que habitam a área, deverão abandonar o barco e procurar outros nichos financeiros, considerados mais rentáveis.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS