Tempo - Tutiempo.net

ACM Neto declara apoio a Bivar para não se indispor com eleitorado do Lula? Por Sérgio Jones

Conforme observação do conceituado jornalista Bernardo Mello Franco, jornal o Globo, afirmou o que todos brasileiros minimamente politizados já tinha detectado, que ao se lançar candidato à presidente pelo recém-criado partido União Brasil, considerado como uma espécie de aborto político. O deputado Luciano Bivar, tem como meta atingir diversos propósitos questionáveis. Dentre estes, nenhum se aplica ao quesito vencer a eleição.

Conforme explica o comunicador a pré-candidatura do deputado federal Luciano Bivar (União Brasil-PE) tem entre suas metas sepultar em definitivo as ambições presidenciais do ex-juiz passional Sergio Moro.

Mas ao que parece, ele também tem como meta liberar os caciques regionais do União Brasil. Importante observar que dos quatro governadores da sigla que concorrem à reeleição, três já declararam apoio ao atual presidente genocida.

O único que ainda continua correndo por fora do páreo é o governador goiano Ronaldo Caiado, que até o presente momento se mantém em cima do muro, provavelmente aguardando o momento que considere propício para se posicionar.

Essa tática política adotada por eles talvez se explique como uma saída perfeita para não se indisporem com os eleitores de Lula ou Bolsonaro. Neste cenário se insere o grupo ACM Neto, na Bahia.

Outro aspecto abordado por Mello Franco é que o ponto considerado mais nevrálgico de toda essa trama urdida por Bivar está voltado em especial para os R$ 956 milhões a receber dos cofres públicos.

Em posse de todo esse dinheiro, o arremedo de candidato, poderá dar azo a sua ganância e literalmente gastar uma considerável fortuna na própria campanha sem que falte dinheiro aos aliados nos estados.

Mantendo esse ritmo o seu fracasso eleitoral será amplamente compensado, sendo está uma das suas mais lucrativas experiências a ser praticadas e bancadas pelo contribuinte brasileiro.

Considerando que parte desses contribuintes se encontram desempregados. O que significa dizer que neste instante, milhões de lares da população brasileira chafurda na na mais completa indigência social.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS