Tempo - Tutiempo.net

Atrofiamento político do governo de Colbert é irreversível / Por Sérgio Jones

O atrofiamento tem objetivo, dinheiro

Com o passar do tempo o que fica cada vez mais evidenciado para o feirense é o crescimento progressivo do desgaste administrativo do prefeito de direito e não de fato Colbert Filho (MDB).

Esse processo de desmonte administrativo ocorre nos mais diversos segmentos da sociedade. Em especial, ele acontece de forma mais acelerada em seu relacionamento com o poder legislativo do município. O que já era considerado ruim ficou pior.

No mais recente episódio de queda de braço travado entre os podres poderes o executivo capitaneado pelo pupilo do ex-prefeito José Ronaldo, ao que parece não está fazendo o dever de casa. Por isso mesmo, ele começa a sofrer os reveses políticos e a derreter diante dos choques de interesses existentes entre o grupo, no enfrentamento travado na luta pela divisa do espólio público.

A bancada de apoio ao governo municipal no legislativo que já era pequena, encolheu ainda mais. Dos oito vereadores existentes, apenas cinco continuam fiéis ao prefeito. Recentemente, os vereadores Jurandy Carvalho (PL), Correia Zezito (Patriota) e Pastor Valdemir (PV) se auto intitularam como bancada independente, não respondendo mais a orientação do líder do governo.

De acordo com comentários que circulam nos bastidores de suas excelências, de independentes eles não têm nada. Se não todos, pelo menos há entre eles elementos totalmente subservientes aos interesses, nem sempre confessáveis, do caudilhesco ex prefeito José Ronaldo. Mesmo não exercendo nenhum cargo, ele continua dando as cartas, na terrinha de Lucas.

O que deixa evidente no jogo do tabuleiro político de Feira de Santana, é que por aqui não existe políticos independentes. São todos meros figurantes que atuam nesse cenário como verdadeiros zumbis.

Por isso mesmo, eles permanecem e continuarão sempre curvados e obedientes diante da tirania exercida, por décadas, pelo mesmo e de sempre, José Ronaldo de Carvalho,

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS